Trilha inca 54 resultados
Clima da trilha inca
Clique para classificar o artigo

A Trilha Inca possui uma geografia variada. Viaja 32 quilômetros por 4 dias nos quais o clima vai de um frio montanhoso a um calor tropical até finalmente chegar a Machu Picchu. Em fevereiro, mês mais chuvoso, o trajeto continua fechado para manutenção das vias. Enfim, independente do clima, qualquer dia é ideal para fazer essa famosa trilha de caminhada.

Clima da trilha inca

Trilha Inca na primavera


Tudo sobre o clima atual da Trilha Inca

Perú, Machu Picchu


Salida del sol

Entrada del sol
Dados da lua
  • Direção do vento
  • Velocidade do vento
  • graus de vento
  • umidade relativa do ar
  • índice UV

Perú, Machu Picchu


Salida del sol

Entrada del sol
Dados da lua

Perú, Machu Picchu

  • Direção do vento :
  • Velocidade do vento :
  • graus de vento :
  • umidade relativa do ar :
  • Chance de chover :

  • Direção do vento :
  • Velocidade do vento :
  • graus de vento :
  • umidade relativa do ar :
  • Chance de chover :

  • Direção do vento :
  • Velocidade do vento :
  • graus de vento :
  • umidade relativa do ar :
  • Chance de chover :

Perú, Machu Picchu

Probabilidad de lluvia

Perú, Machu Picchu

DiaDescriçãoMax./MinChance de choverUmidadeDireção do ventoVelocidade do vento

Como está o clima durante a Trilha Inca?

O clima durante a Trilha Inca é variado, dependendo da região em que o visitante está hospedado e acampando. Em geral, as temperaturas variam de 0ºC, no ponto mais alto (passagem da Mulher Morta), a 22ºC. em Machu Picchu.

O destino final da Trilha Inca é Machu Picchu, que está localizada em uma área subtropical. Geograficamente, a cidade Inca está localizada na eco-região ‘yunga – Quechua’, que possui um clima subtropical quente com fortes chuvas.

O denominador comum ao lago da rota são as chuvas. A temperatura chuvosa vai de novembro a abril. Em vez disso, a estação seca vai de maio a outubro. Mesmo assim, as chuvas podem ocorrer a qualquer momento, não só na Trilha Inca, mas em toda a Cordilheira dos Andes.

Finalmente, apesar do clima variável, a caminhada vale a pena. Dentro deste território encontram-se monumentos arqueológicos, montanhas, rios, lagoas e abundante flora e fauna, típicas da região (sobrancelha da selva). Em torno desta área existem 230.716.966 hectares, considerada uma área reservada denominada “Zona Tampão”, com 38.448.106 hectares que inclui o Santuário Histórico de Machu Picchu.

Turistas curtindo a neve

Turistas curtindo a neve


Dia 1

A caminhada começa no quilômetro 82 da ferrovia que liga Ollantaytambo a Aguas Calientes. Termina no acampamento Wayllabamba (3.057 metros acima do nível do mar), após 13 quilômetros de caminhada.

O acampamento Wayllabamba, onde o turista pernoitará, possui clima temperado-frio, com temperaturas mínimas de 4ºC. e máximo de 20ºC. Durante a caminhada a temperatura média é de 12ºC. De janeiro a março as chuvas são intensas. Da mesma forma, de maio a agosto, os dias são mais ensolarados, mas as noites são mais frias.

Seção da Trilha Inca

Seção da Trilha Inca


Dia 2

No dia 2, a caminhada começa no acampamento Wayllabamba, de onde continua subindo até a travessia o famoso ‘passagem de mulher morta’ da Trilha Inca, a seção mais alta da caminhada localizada 4.215 metros acima do nível do mar. Em seguida, o percurso continua até chegar ao acampamento Pacaymayo, 3.600 metros acima do nível do mar. Naquele dia, um total de 11 quilômetros são percorridos.

O clima durante o segundo dia de caminhada é frio na maior parte do tempo. A temperatura no ponto mais alto (passagem de mulher morta) varia de 0ºC. até 8ºC. À noite, no acampamento, a temperatura pode cair para 3ºC. De janeiro a março as chuvas são frequentes.


Dia 3

No dia 3, o percurso começa no acampamento Pacaymayo, de onde desce 16 quilômetros até chegar ao acampamento Wiñay Huayna, na selva de Cusco, a 2.650 metros acima do nível do mar. Nesse dia, o passeio será mais fácil em comparação com os dias anteriores.

O clima no terceiro dia de caminhada é mais agradável para os visitantes. A temperatura durante o percurso varia de 10ºC. até 18ºC. À noite, no acampamento Wiñay Huayna a temperatura média é de 13ºC.


Dia 4

No último dia, apenas 3 quilômetros foram percorridos de o acampamento e sítio arqueológico de Wiñay Huayna para o sítio arqueológico de Machu Picchu. Uma vez na cidade Inca, todas as construções do famoso sítio arqueológico serão visitadas.

Tem um clima quente e temperado. A temperatura varia de 8ºC. (à noite) até 22ºC (durante o dia). Claro, as chuvas são mais intensas, principalmente nos meses de janeiro, fevereiro e março. No resto do ano são menos frequentes, mas podem acontecer em qualquer dia do ano.


Dicas

O clima durante os quatro dias em que você faz a Trilha Inca é variável, por isso é recomendável usar roupas quentes e leves. Claro, bons sapatos são essenciais.

Durante o ponto mais alto da caminhada, no ‘Passo da Mulher Morta’, é aconselhável mascar folha de coca (assim como os Incas faziam há centenas de anos). Assim resistirá melhor ao cansaço mas, sobretudo, às intempéries e à altitude.

Seja no frio intenso, na chuva ou em um sol forte e esplendoroso; a Trilha Inca vale a pena. Esqueça os medos naturais e siga este caminho histórico.


Antes de embarcar na aventura por Trilha Inca é necessário conhecer alguns detalhes necessários para aproveitar a caminhada corretamente.


Marcado com: