Trilha inca 77 resultados
Reserva e Serviços 7 resultados
Quem são os carregadores da Trilha Inca?
Clique para classificar o artigo
carregadores trilha inca

Os carregadores são os trabalhadores mais diligentes durante a Trilha Inca para Machu Picchu. A sua função é transportar nas costas os utensílios necessários para este percurso: tendas, sacos-cama, utensílios de cozinha e outros. Eles, em sua maioria, vêm das aldeias mais remotas de Cusco. Eles são fluentes em espanhol e quíchua, sua língua nativa. Sem eles, esta trilha de caminhada seria um fracasso.


Quem são os carregadores?

O porteiro é a pessoa que trabalha para agências de viagens e tem a função de transportar nas costas: barracas, utensílios de cozinha, comida, mesas, bancos, balões de gás e muito mais.

Todos esses produtos são necessários para preparar os acampamentos da Trilha Inca: barracas, refeitório, cozinha, etc.

Ou seja, é ele quem carrega todo o necessário para montar os acampamentos durante a caminhada até Machu Picchu. Da mesma forma, pode opcionalmente auxiliar com mochilas e facilitar o caminhar do visitante.

Os carregadores são de Cusco, das regiões altas dos Andes. A maioria são falantes de quíchua. Alguns são bilíngues (espanhol e quíchua). São pessoas que trabalham no campo, que viram uma maneira inteligente de aumentar sua renda, trabalhando como “carregadores” na Trilha Inca.

Em algumas rotas alternativas para Machu Picchu, animais de carga são usados ​​para transportar o equipamento. Porém, na Trilha Inca é proibido trazer animais. Isso para proteger a rota original. É por esta razão que os serviços dos porteiros são solicitados.


Em que consiste o trabalho do porteiro?

O porteiro é o trabalhador mais importante de toda a equipa de profissionais que o acompanhará durante o seu passeio.

Este pessoal de apoio é responsável pela montagem do acampamento que deverá estar pronto na chegada do grupo de turistas. No entanto, saem ao mesmo tempo que o grupo de turistas e carregam mais peso (máximo de 14 quilos).

Como eles vão tão rápido e carregam tanto peso? Durante a caminhada os carregadores vão em ritmo acelerado, ultrapassam os grupos, até mesmo alguns trechos o fazem correndo. Dessa forma, conseguem avançar e cumprir seu trabalho em tempo hábil.

Os carregadores também têm uma vasta experiência. Para ganhar energia, mascam folha de coca, uma planta natural que fornece energia aos caminhantes.


A regulamentação do trabalho do transportador

O uso turístico da Trilha Inca se intensificou na década de 1980. Nessa época, os primeiros carregadores começaram a trabalhar. Então não havia regulamentação para o uso da Trilha Inca. Portanto, havia também um abuso desses trabalhadores que eram explorados, carregando muito peso (40 quilos em casos extremos).

Em 2002 a Dircetur – Direcção Regional de Comércio Exterior e Turismo com o apoio de outras instituições emitiu o “Regulamento de Uso Turístico da Rede de Trilhos Inca do Santuário Histórico de Machu Picchu”. No referido regulamento, consideravam os carregadores como pessoal de apoio. Isso levou a regular sua situação de emprego e condições de trabalho decentes.

Entre outros aspectos, o regulamento considera os seguintes pontos:

  • O peso que os carregadores devem carregar é regulado para no máximo 14 quilos, que é controlado durante a viagem.
  • Fica estabelecido que os carregadores se sindicalizem e tratem seus salários nesta escala, que deve estar de acordo com a lei.
  • Devem ser munidos de equipamentos adequados para o transporte de coisas, tais como: jaquetas, mochilas, protetores de cabeça, calçados adequados, entre outros implementos.
  • Quanto aos sapatos, os carregadores dificilmente usam sandálias de borracha, chamadas de ‘chinelos’. Os carregadores usam esses calçados desde crianças e, em muitos casos, incomodam o uso de calçados.
  • O porteiro deverá estar inscrito no Inca Trail Porters Registry, para tanto deverá apresentar Atestado de Antecedentes Criminais e Cartão Sanitário.
  • As agências de viagens devem cumprir todos os requisitos estabelecidos pelos regulamentos.

Como colaborar para que a transportadora tenha um emprego decente?

Colaborar com os carregadores e zelar pelo seu trabalho. Devemos levar em consideração as seguintes recomendações:

  • Evite fazer a Trilha Inca por um preço muito barato.
  • Agências que cobram preços muito baixos pagam preços baixos aos seus funcionários.
  • Verifique se o peso carregado pela transportadora é controlado pelos guarda-parques (não deve ultrapassar 14 quilos).
  • Não exceda 5 quilos na sua mala de bagagem
  • Pergunte à agência de viagens e certifique-se de que está cumprindo com os seus carregadores como dizem os regulamentos
  • Você pode solicitar um carregador pessoal. Assim estaria dando trabalho extra.
  • Seja amigo da operadora. Desta forma, você terá a opção de conhecer sua cultura e costumes.
  • Se você vai dar uma gorjeta, é melhor dar diretamente, sem intermediários.
  • No final da viagem testemunhe se o bom serviço do porteiro foi cumprido.
Porteiro da Trilha Inca Machu Picchu

Porteiro da Trilha Inca Machu Picchu


Mais informações sobre os carregadores

Na noite do terceiro dia, os carregadores se despedem dos turistas por meio de um pequeno encontro com coquetéis e bolo. Nesse dia, os visitantes costumam dar gorjeta a toda a equipe que os acompanhou na Trilha Inca (carregadores, cozinheiros e guia turístico).

Existem algumas agências de turismo que contratam carregadores para a Trilha Inca. Este tipo de serviço inclusivo mostra que esta difícil tarefa pode ser realizada por homens e mulheres.

 

De Inca Trail Machu Picchu - Ultima atualização, 13-12-2021


Interessado na Trilha Inca? Saiba mais sobre Reserva e Serviços!