trilha inca machu picchu

 

Rota para o Trilha Inca

2017 Trilha Inca Machu PicchuO preço da entrada por pessoa é de 254 Sóis ou 128 sóis portando o ISIC card. Inclui o Ingresso Machu Picchu por um dia. Não é possível comprar a entrada por sua conta, terá que compra-lo através de uma agência de viagens no momento em que fizer a reserva do tour.

A maioria das pessoas começa o Trilha Inca do Km 82, uma rota alternativa e abreviada. Vá de trem até o Km 104 e inicie um percurso de somente dois dias.

Desde o Km 88, cruza-se o Rio Urubamba por uma ponte artesanal que está pendurada, ao subir atravessaremos um bosque de eucaliptos. Passaremos pelas ruinas de Llactapata, cruzaremos o rio Cusichaca e logo caminharemos uns 6 km até a pequena aldeia de Huayllabamba que se encontra poucos minutos caminhando por cima do rio Cusicacha e Llulucha a uma altura de 2.750 metros.

O Trilha Inca sobe bruscamente ao longo das margens do rio Llulucha. É uma subida longa e íngreme até o ponto mais alto da rota: 4.198 metros sobre o nível do mar, este ponto é chamado: O passo de Warmi Wañusca (mulher morta). O Caminho passa pelo Bosque Nebuloso antes de atingir as altas montanhas. Llulucha Pampa é uma zona plana, acima da selva, onde se encontra água e um bom acampamento, embora faça frio pela noite. O Caminho cruzar o rio por debaixo de uma cascata e subiremos a Runkaracay, uma ruina de forma ovalada com magníficas vistas.

Sobre a Runkaracay, o caminho sobe um falso pico e continua passando por dois pequenos lagos até o cume do segundo passo, a 3.998 metros acima do nível do mar. O Caminho começa descender passando outro lago até as ruinas de Sayacmarca. O Lugar é impressionante: uma cidade bem construída sobre uma pequena montanha com vista inigualável. O Caminho continua descendo e cruza o rio Aobamba, onde há um pequeno lugar de acampamento.

Na suave subida até o terceiro passo, passaremos através de um lago seco e depois atravessaremos um túnel com construções Incas. O Caminho passa por belos bosques de Nuvens e o ponto mais alto deste passo é de quase 3.700 sobre o nível do mar. Deste ponto teremos vistas belíssimas do Vale de Urubamba e logo chegaremos às ruinas de Phuyupatamarca a 3.650 metros e que foram restauradas e contém uma série de banhos cerimoniais com água correndo através dos elos. Por cima das ruinas teremos um acampamento com vistas espetaculares.

Desde Phuyupatamarca, uma nova trama da rota há uma descida com centenas de escalões incaicos pelo Bosque nebuloso.

Pode-se chegar às ruinas de Wiñay Huayna depois de uma descida de três horas desde Phuyupatamarca. De Winay Huayana, o Caminho continua pelo Bosque de nuvens e, algumas partes são muito estreitas e percorrê-lo com cuidado. Necessitam-se horas para ao último lugar do Caminho, Inti Punku (Porta do sol).

Machu Picchu se encontra à uma hora de Inti Punku. Na chegada, deixe sua mochila na porta de entrada, já que não é permitido o ingresso com bagagens, depois será colocado um carimbo em seu passaporte que só é válido para o dia que está indicado.

 


Tradicional Trilha Inca é uma das maneiras que pertence à rede da Trilha Inca para a cidadela de Machu Picchu.


Marcado com: