Trilha inca 76 resultados
Natureza 15 resultados
Cordilheira dos Andes na trilha Inca
Clique para classificar o artigo
Trilha da vida inca

A Cordilheira dos Andes é uma imensa cadeia de montanhas de 8.500 quilômetros de extensão (a mais longa do planeta) que cobre extensas regiões do Peru, Bolívia, Venezuela, Colômbia, Equador, Chile e Argentina. Durante a Trilha Inca a Machu Picchu, 39 quilômetros de cordilheira são percorridos. Conheça as paisagens que você verá durante este passeio histórico no coração da Cordilheira dos Andes.


A Cordilheira dos Andes

A Cordilheira dos Andes é uma extensa cadeia de montanhas e picos que cobre uma extensão de 8.500 quilômetros. É o maior do mundo. Passa por sete países da América do Sul: Peru, Bolívia, Venezuela, Colômbia, Equador, Chile e Argentina.

Os Incas se adaptaram à desafiadora geografia da Cordilheira dos Andes. Assim localizaram a capital de seu enorme império na cidade de Cusco. De lá, eles construíram estradas (o qhapac ñan) por mais de 30 mil quilômetros ao longo da costa e, principalmente, da cordilheira.

Uma pequena parte dessas estradas é o que liga a cidade de Cusco a Machu Picchu. Atualmente, existe um roteiro turístico de 39 quilômetros que percorre essas estradas. A viagem é feita a pé em 4 dias e 3 noites. O destino final é Machu Picchu. A ‘Trilha Inca’ oferece paisagens incríveis da Cordilheira dos Andes.


A Trilha Inca e a Cordilheira dos Andes

Nos primeiros dois dias da Trilha Inca, paisagens de alta montanha são cruzadas. As caminhadas são exigentes, pois sobem centenas de degraus de pedra construídos pelos Incas. Do ponto de partida (no quilômetro 82) até o segundo acampamento Pacaymayo, são percorridos aproximadamente 28 quilômetros.

Nos últimos dois dias da Trilha Inca, você desce pelas selvas tropicais da parte oriental da Cordilheira dos Andes. A caminhada se torna mais fácil porque é descendo por centenas de escadas e trilhas incas. Do segundo acampamento até Machu Picchu, cerca de 11 quilômetros são percorridos.


Flora e fauna andina na rota

Durante a Trilha Inca para Machu Picchu você pode apreciar estas espécies da flora e fauna andina:

  • Orquídeas (Orchidaceae) – Esta família de flores destaca-se pelas pétalas coloridas. Na Trilha Inca eles podem ser avistados, principalmente nas florestas tropicais. Acredita-se que no Santuário Histórico de Machu Picchu existam mais de 300 espécies.
  • O condor andino (vultur gryphus) – Este pássaro é a segunda maior espécie voadora do planeta (o primeiro é o albatroz). Sobrevoe as altas montanhas andinas. Às vezes, também busca seu alimento nas áridas costas marítimas. Eles são necrófagos. Possui penas pretas e brancas. É um símbolo de muitos países da América do Sul.
  • Urso andino (tremarctos ornatus) – Conhecido como urso de óculos, é uma das oito espécies que existem no mundo e só vivem na região andina amazônica da América do Sul, sendo o Peru, o país que possui a maior quantidade de população desta espécie, é provável que veja.
  • Galo-das-pedras (rupicola peruviana) – Esta ave nacional do Peru, famosa por sua plumagem e exibição colorida para cortejo; na caminhada da cidade de Aguas Calientes a Mándor, bem cedo na montanha você pode vê-lo.
  • O guanaco (lama guanicoe) – É um dos 4 camelídeos que vivem na América do Sul, comem grama, raízes e subsistem precariamente.
  • A vicunha (vicugna) – É um animal em extinção e está protegido dos caçadores por sua lã ser muito macia e de grande valor; com um rendimento de apenas 250 gramas por tesoura e apenas quatro a cinco tesouras por vicunha. Vive nas áreas altas dos Andes.
  • A vizcacha (lagidium viscacia) – Esses roedores se assemelham a coelhos e esquilos. Eles são caracterizados por sua pele abundante e orelhas eretas. Habita as frias montanhas andinas.

Mais informação

O Peru é um país privilegiado que abriga parte da diversidade biológica do planeta com 84 das 104 zonas de vida. O SERNANP (Serviço Nacional de Áreas Naturais Protegidas pelo Estado), tem a visão de garantir a conservação das áreas naturais, sua flora e fauna. Também se encarregou de divulgar a diversidade de espécies da fauna que existe em nosso país.

No Peru e suas áreas protegidas se destacam: mais de 2.000 espécies de peixes, mais de 4.000 espécies de borboletas, mais de 1m816 espécies de pássaros, mais de 449 espécies de anfíbios e muito mais. Deve-se destacar que das 83 espécies de cetáceos do mundo, 36 são encontradas no Peru.

A Cordilheira dos Andes é caracterizada principalmente por altas cadeias de montanhas que ultrapassam 3.000 metros acima do nível do mar. Na Trilha Inca, isso faz com que o visitante sofra do famoso “mal da altitude” causado pela altitude. Para diminuir os sintomas é recomendável beber bastante água e permitir que o corpo se aclimate (dois dias na cidade de Cusco é o mais recomendado).

 

De Inca Trail Machu Picchu - Ultima atualização, 09-12-2021


Interessado na Trilha Inca? Saiba mais sobre Natureza!