altitude trilha inca

 

Esta seção explica a causa dos problemas de altura e como prevenir ou minimizar.

 

Como seu corpo reage à falta de oxigênio?

2017 Trilha Inca Machu PicchuO problema da altitude atinge seu corpo no que toca a oxigenação do mesmo. A medida que você ganha altitude, o ar se torna mais rarefeito (a quantidade de oxigênio diminui). A 4.200 m.s.n.m (o ponto mai alto do Trilha Inca), a pressão atmosférica é um pouco mais da metade do valor estando ao nível do mar, a 5.000 m.s.n.m. (o ponto mai alto Salkantay). Sendo assim, seu coração e pulmões trabalham duas vezes mais que o normal, já que estes órgãos tem a tarefa de manter o nível de oxigênio adequado para os tecidos do seu corpo.

Basicamente, seu coração bombeia para fazer circular o sangue. Os pulmões distribuem o oxigênio para os glóbulos vermelhos para a manutenção dos tecidos (músculos, cérebro e outros órgãos). A demanda de oxigenação para os músculos depende da intensidade da atividade física, mas o coração necessita de uma quantidade surpreendente de oxigênio. Se o seu cérebro não recebe a quantidade adequada de oxigênio, você seguramente perderá os sentidos e este estado é antecipado pela perda do controle dos movimentos e a fala meio confusa.

O corpo responde de diferentes formas à falta de oxigênio:

  • Você respirará mais rápido e profundamente
  • Seu coração baterá mais rápido, aumentando a circulação do oxigênio nos tecidos e forçando o sangue ir para partes de seus pulmões que geralmente não são usadas.
  • Seu corpo criará mais glóbulos vermelhos, fazendo com que o sangue engrosse.

A escala de tempo a estas respostas varia: você começará a respirar rápido de imediato e sua frequência cardíaca se elevará em alguns minutos. Pode levar alguns dias para que seu sangue comece a engrossar e se você notar que está urinando muito é um sinal que seu corpo já começou a se aclimatizar.

Estando em ambientes de grande altitude, respire profundamente à medida do possível. O sono é um momento importante para a adaptação do corpo. Evite comprimidos para dormir e o álcool, ambos afetam a respiração enquanto você dorme.

Algumas pessoas, especialmente as mulheres experimentam inchaços nas mãos, no rosto e tornozelos. Por isso, evite o uso de joias ajustadas antes de se dirigir para altitudes. As lentes de contacto são incômodas para as alturas. Algumas pessoas sofrem de gases quando estão em altitudes, mas este sintoma é inofensivo e peça aos mesmos compreensão.

 

Mal Agudo da Montanha (MAM)

O mal agudo da montanha é o que os médicos chamam de mal da altura. "Agudo" significa que o início é repentino e você se sentirá muito mal. Se é leve ou moderado, os sintomas do MAM podem desaparecer se você repousar por algumas horas, se for severos, você terá que descer e retornar. Caso ignore tais sintomas seu estado será muito desagradável correndo o risco de se adoentar seriamente.

Os efeitos da altura são diferentes em cada pessoa. Fatores como a idade e o gênero influem muito. As mulheres são menos propensas aos efeitos do MAM e homens mais vulneráveis a estes. A uma altura moderada, os jovens são mais vulneráveis ao MAM que os adultos. Os riscos aumentam quando a idade vai decrescendo.

Você deverá está atento aos sintomas do MAM quando leve, moderado ou forte. Um MAM leve, seus sintomas são como uma ressaca e poderá afetá-lo em alturas de 2.100 ou menos. Um sintoma muito comum é a dor de cabeça combinada com outros sintomas como:

  • Sensação de mal estar
  • Falta de apetite
  • Falta de sono
  • Falta de energia

A altura tem um efeito de desidratação. Então se você tem uma dor de cabeça, a primeira coisa a fazer é tomar um litro de água, talvez com um analgésico leve. Se a dor de cabeça desaparece e não tem outros sintomas, o seu corpo estava a precisar de fluidos. O MAM é leve e suportável, se isso acontece depois de uma pausa ou um trecho em declive, serão elegíveis para continuar a para caminhadas.

O MAM moderado é seriamente desagradável e seus sintomas são:

  • Vômito
  • Dor de cabeça mais forte
  • A pessoa pode se sentir desestimulada fisicamente, inclusive depois de ter descansado umas dezenas de minutos.

O MAM severo pode desenvolver-se a partir do MAM moderado e se os sintomas são ignorados, poderá comprometer sua saúde seriamente como a perda da coordenação muscular e do equilíbrio, confusão mental agregada de agressão, falta de atenção e de compreensão e, se você não for tratado, poderá ir a óbito.

Mas todas estas informações são meras advertências se você respeitá-las efetivamente. O que queremos é que você desfrute o máximo da sua aventura de forma saudável e segura, afinal milhares de pessoas já fizeram o Caminho Inca e Salkantay e você não será a exceção.

Em resumo, o MAM é evitada e podem ser tratadas de forma muito fácil, como se segue:

  • Se você tiver sintomas de altitude, descanso, beber líquidos e não vem mais até que desapareçam.
  • Se você está se sentindo mal, ou tem complicações, deve descer e retorno.


alimentos trilha inca

 

Folha de coca e outros paliativos para o Trilha Inca

As folhas de coca são mastigadas nos Andes há milhares de anos e esta prática é parte importante da cultura indígena andina. Na época dos Incas, as folhas de coca eram reservadas para os que nasciam em berço de ouro e, os espanhóis, as davam aos trabalhadores para suprimir a fome e a fatiga. Seus efeitos anestésicos ajudam a reduzir os sintomas da altura como a dor de cabeça e enjoos, mas não afetam o raciocínio.

A folha de coca não é droga, embora as mesmas sejam matéria prima para se fazer a pasta básica de coca e posteriormente, a cocaína. Não é comprovado cientificamente que uma pessoa se converta adicta pelo fato de mastigar folhas de coca. Seu sabor é amargo, algo desagradável para algumas pessoas. Outra alternativa de ingeri-la é tomar o seu chá, o que também é útil para aliviar os sintomas mencionados. As folhas de coca estão disponíveis para venda nos mercados de Cusco e são bem baratas. Apesar de que o consumo de folhas de coca seja legal no Peru, o uso de drogas e sua posse é crime, podendo a pessoa sofrer uma condenação de 15 a 20 anos de reclusão sem direito a repatriamento e reparação pecuniária ao estado peruano.

 

Conselhos sobre comidas e bebidas

Os tours operadores são responsáveis pela comida, combustível e do equipamento de cozinha e, seus cozinheiros, fazem boa comida apesar das condições difíceis de preparação. Não espere um cardápio variado e se você é vegetariano deverá informar antecipadamente na hora de fazer a reserva. Uma dieta rica em carboidratos ajuda a prevenir os males da altura.

Leve alguns bocadinhos como frutas secas, barras de cereais ou chocolates, estes aumentarão sua energia e seu estado de ânimo e podem ser compartilhados com outras pessoas. Leve também doces porque muitas pessoas sofrem de garganta seca estando em altitudes.

Algumas pessoas levam pouca água e se desidratam rápido caminhando em altitudes, a altura provoca efeito diurético. Você deve beber de 2 a 4 litros de água por dia.

Trate de beber líquidos antes que tenha sede. Uma garrafa de água é ideal, você pode tomar goles cada vez que necessitar. OBS. As garrafas de plástico não são permitidas no Caminho Inca, mas as garrafas retornáveis estão bem.

Leve pastilha de purificação de água e siga corretamente as instruções a cerca do tempo e a dose que se usa em condições de frio. Se o sabor é desagradável, neutralize-o com pastilhas de vitamina C ou sachês com sabor de frutas.

Trate de antecipar a produção de calor do seu corpo. Retire o excesso de roupa antes de começar a transpirar e se vista antes de começar a sentir frio (exemplo: nas paradas para descanso ou quando clima mudar). OBS. Como cada ação de retirar e colocar roupas significa abrir sua mochila, sugerimos que leve roupas desenhadas para essa atividade como: casacos com zíper debaixo dos braços e com bolsos suficientemente grandes para guardar luvas e bonés, assim você manterá o ritmo da caminhada sem necessitar parar para trocar-se.

Estando em altitudes, mantenha sua garrafa de água isolada do calor do seu corpo.

 

Resumen: Prevenção e tratamento da MAM no jornada para Trilha Inca?

  • Prepare-se bem, ficar em forma (e se necessário parar de fumar).
  • Comece sua viagem, de passar alguns dias em alta altitude, por exemplo: Cusco.
  • Beba muitos líquidos (3-4 litros por dia), especialmente água.
  • Evite soníferos e álcool.
  • Coma pequenas refeições, muitas vezes ainda não famintos, evitar o excesso de sal.
  • Se você tiver sintomas de elevado, deve descansar e não subir novamente, a menos que você se recuperaram totalmente.

 TOP ▲


Planejando sua viagem para a Trilha Inca é um dos passos essenciais para desfrutar de uma experiência inesquecível.


Tagged with:

Machupicchu Terra
Contato Trilha Inca


Indica que você gosta Trilha Inca Machu Picchu.

Disponibilidade de entrada Trilha Inca

Por que os viajantes nos escolher e confiam em nós

¿Quem somos?

¿Por que nos escolher?

Rainer Schutz
Uma viagem sensacional onde chegamos ao limite e encontramos con pachamama. O serviço prestado pela agência Terra Machu Picchu foi excelente, a execução da caminhada foi adequada. A comida era muito delicioso, o guia foi bom. Parabens.
Nacionalidad: Brasilero
Data: 13 março 2016 – 06:29:43 AM


Veja mais 800 Testemunhos

Informações Trilha Inca Machu Picchu

Para obter informações e dicas sobre a Trilha Inca, por favor visite nossa seção sobre Dicas Trilha Inca

Disponibilidade Trilha Inca Machu Picchu

Antes de reservar a Trilha Inca é recomendado para verificar a Disponibilidade de Trilha Inca 2017

Operador Turista Autorizado

Mincetur

O código de autorização para operar a rede Trilha Inca é “CI1578”. Autorização do Ministério da Cultura.