Trilha inca 116 resultados
Rotas 29 resultados
Montanha Putucusi
Clique para classificar o artigo
Vista da montanha Putucusi

Se a aventura da Trilha Inca até Machu Picchu não for suficiente para você, uma das opções que pode seguir é escalar a Montanha Putucusi. Essa montanha é uma das mais emblemáticas de todo o Pueblo de Machu Picchu. No entanto, poucos sabem que ela pode ser escalada por meio de uma rota realmente exigente. Nesse sentido, se você quiser fazer essa rota, é importante levar em conta alguns detalhes para evitar cometer alguns erros. Também queremos relatar a rota seguida e deixar algumas recomendações. A seguir, vamos saber mais sobre essa montanha e as belas vistas que podem ser obtidas desse lugar.


Onde fica a montanha Putucusi?

Essa montanha fica a apenas 2 quilômetros de Machu Picchu Pueblo ou Aguas Calientes. No entanto, a subida até esse local é bastante demorada porque segue uma rota complicada. Neste blog, aprenderemos mais sobre essa opção para que os amantes de aventura e aqueles que querem ter mais experiências se atrevam a fazer essa jornada. A montanha Putucusi é uma das montanhas que estão muito próximas do sítio arqueológico de Machu Picchu. Além disso, de lá, é possível apreciar em todo o seu esplendor o formato cônico e a altura muito particulares dessa montanha.

Para começar a caminhada até essa montanha, é preciso seguir os trilhos do trem no caminho para a Hidroeléctrica. Lá você pode encontrar um pequeno desvio que se conecta diretamente à montanha. É a partir desse local que começa a subida. Antes disso, você terá de percorrer quase dois quilômetros. O cume da montanha Putucusi atinge 2.560 metros acima do nível do mar. É uma das menores montanhas de todo o lugar. Por estar próxima a Machu Picchu, ela está localizada na Cordilheira Central dos Andes peruanos. As montanhas que cercam diretamente Machu Picchu também estão na Cordilheira Central.

A escalada dessa montanha é relativamente complicada. Como veremos mais adiante, ela é recomendada para pessoas que realmente gostam de rotas de caminhada e, principalmente, de escalada. A subida desse lugar tem uma seção onde é possível fazer rapel. É importante saber e deixar claro que essa é uma rota para aqueles que têm certa experiência em caminhadas. Isso se deve ao fato de que, embora a rota estivesse se tornando popular, até mesmo a manutenção foi negligenciada. Infelizmente, isso permitiu que a rota tivesse algumas áreas perigosas.

Também é importante que essa rota seja feita na presença de um guia ou, pelo menos, de alguém que já tenha feito a subida. Veremos tudo isso em detalhes a seguir. Antes disso, vale a pena mencionar que a entrada para a rota é totalmente gratuita. Não é necessário nenhum tipo de reserva ou disponibilidade. Poucas pessoas o fazem por se tratar de uma rota difícil. Crianças e idosos não estão autorizados a fazer essa subida. Justamente com a intenção de garantir sua segurança.

Vista Putucusi a partir de Machu Picchu
Vista da montanha Putucusi a partir de Machu Picchu
 

Os desafios da rota

O tempo de caminhada ou subida até a montanha Putucusi é de duas horas e 30 minutos. Esse é o tempo médio padrão para a subida. Algumas pessoas conseguirão fazer isso muito mais rápido, enquanto outras podem levar alguns minutos a mais. Os desafios dessa rota começam com a dificuldade da rota. Ao contrário de outras rotas de subida em Machu Picchu, a rota para Putucusi não tem manutenção adequada e não é bem cuidada. Isso torna a caminhada consideravelmente mais difícil. Para evitar acidentes, é importante ter cuidado ao caminhar e tentar manter um ritmo adequado sem pressa.

Outro desafio que pode ser encontrado é que uma seção pode ser feita por rapel. Para isso, será importante que as pessoas que o fizerem tenham o equipamento necessário, como estacas, roldanas, cordas ou cabos, luvas e capacetes. Também é importante que a primeira escalada seja feita por uma pessoa experiente. É nesse ponto que a presença de um guia entra em ação. Os guias oferecem seus serviços, incluindo o equipamento necessário para essa atividade. Embora a atividade seja realizada em uma pequena seção, é importante fazê-la com o cuidado e a responsabilidade necessários.

Por outro lado, mas de grande importância, é o fato de a subida ser feita com poucos pertences. Também é importante levar alguns lanches e bebidas com você. Porque a rota é cansativa e exige uma boa reposição de energia. No entanto, há pessoas que vão até o cume para acampar. Elas geralmente têm bastante conhecimento e também fazem a subida sem pressa e em um ritmo controlado. Ao carregar peso em rotas de trekking, é importante manter o ritmo e não se esforçar demais.

A descida também é bastante complicada, porque você precisa ter mais cuidado, pois a perspectiva é completamente diferente. Ao fazer rapel, você também precisa ser cuidadoso. O tempo para essa atividade pode demorar um pouco mais, mas será compensado pelo restante da rota. Nesse sentido, o tempo total para essa atividade pode se estender de 5 a 6 horas de muita atividade física.

Vista Putucusi a partir da Huayna Picchu
Vista da montanha Putucusi a partir da rota para Huayna Picchu
 

É realmente recomendável fazer isso

Essa rota é para pessoas que realmente gostam de fazer caminhadas. Não é recomendada para todos e não deve ser imposta a ninguém. A rota tem seus desafios, como vimos acima. Recomendamos que você faça a subida com cuidado, tendo em mente que a rota pode ter algumas imperfeições. Você também deve ter cuidado com os corrimãos, cordas ou escadas que podem ser encontrados na rota. Infelizmente, a rota não recebeu manutenção adequada e há poucas pessoas que tentam consertar algumas das falhas da rota.

As pessoas que praticam o esporte o recomendam abertamente. Um dos principais fatores é que você pode fazer ou praticar o rapel com segurança. Também pelas vistas de Machu Picchu. Se você é uma pessoa que está querendo aprender ou tem muita simpatia pelas atividades mencionadas, não pode deixar de fazer essa atividade. Além disso, toda a região do local oferece belas paisagens e passeios agradáveis. Portanto, você vai gostar muito, principalmente porque é uma atividade totalmente gratuita, ou bem, você só terá que gastar com o guia que lhe fornecerá todo o equipamento necessário para o rapel.

Depois de fazer a Trilha Inca, essa pode ser uma opção se você achar que a rota de trekking de 4 dias foi muito curta. Como mencionamos, é uma rota alternativa e de entrada gratuita. No final, isso dependerá das pessoas que desejarem fazer isso. É por esse motivo que não há muitos pacotes turísticos com esse destino. Acreditamos que fazer essa subida depois de uma rota de trekking é uma oportunidade de realizar novas atividades e ter uma perspectiva nova e interessante de Machu Picchu.

Parte da trilha da montanha Putucusi
Parte da trilha da montanha Putucusi – Aventura extrema
 

Tudo o que pode ser visto do topo da montanha

Do topo da montanha, você pode encontrar uma das vistas mais incríveis de Machu Picchu. A montanha Putucusi está localizada exatamente em frente à cidadela inca ou llacta. Dessa forma, você tem uma vista panorâmica de Machu Picchu, mas de um ângulo pouco visto e conhecido. É por isso que você pode apreciar como as plataformas foram traçadas e também a disposição do local em relação a alguns templos sagrados e a importância deles, já que se destacam do restante das construções.

Ter essa nova perspectiva de Machu Picchu é interessante porque, normalmente, é possível apreciar os sítios arqueológicos incas de lugares mais altos ou da entrada. Acreditamos que a organização urbana continua a surpreender arqueólogos e arquitetos. Não existem precisões firmes ou claras sobre esse assunto. Entretanto, ter uma nova perspectiva do local nos permitirá conhecer e apreciar todas as construções incas de uma maneira diferente.

Por outro lado, a experiência da subida também pode ser uma das atrações dessa rota. Como é uma rota pouco movimentada, com muita sorte você pode encontrar a presença de pássaros típicos da região geográfica de Machu Picchu. Ao longo da rota, você também pode encontrar alguns mamíferos da região e, por que não, pequenos roedores. Também é possível encontrar o crescimento das famosas orquídeas e outras flores típicas da região. É importante que, ao encontrar qualquer uma dessas plantas ou animais, você não os prejudique.

Topo da montanha Putucusi
Topo da montanha Putucusi (ao fundo, Machu Picchu)
 

Qual é o cuidado que devo ter?

É importante que os interessados em fazer essa rota levem em conta vários fatores que mencionamos ao longo do blog e também outras precauções típicas de qualquer outra atividade ao ar livre. Abaixo está uma breve lista das precauções gerais que devem ser tomadas ao subir a montanha Putucusi.

  • Entre em contato com um guia ou tenha alguém treinado em rapel na equipe.
  • Tenha todos os equipamentos de segurança para a atividade de rapel.
  • Use tênis ou calçados de caminhada, de preferência de cano alto.
  • Leve alimentos como lanches, frutas, nozes e bebidas.
  • É importante que você tenha experiência em trilhas de caminhada.
  • Tenha cuidado na estrada, pois a chuva pode causar mofo nas pedras e isso pode levar a escorregões.
  • A umidade do local também pode causar deslizamentos de terra.
  • Binóculos são uma excelente ideia.
  • É aconselhável caminhar com cuidado.
  • É importante que as pessoas levem seus documentos de identidade.
  • Embora o local não tenha um controle propriamente dito, aqueles que sobem esporadicamente tentam promover uma cultura de reciclagem.
  • Caso você gere algum resíduo, não o deixe na rota ou no topo da montanha.
  • A melhor opção é levá-lo ao local correto.
  • Por fim, é aconselhável fazer a caminhada com um grupo de companheiros para ter mais segurança durante a atividade.

 

De Inca Trail Machu Picchu - Ultima atualização, 02-04-2024


Interessado na Trilha Inca? Saiba mais sobre Rotas!